Somália: combinação mortífera

Posted: 9 de Agosto de 2011 in Uncategorized
Seca, conflito e falta de ajuda alimentar deixaram 3,6 milhões de pessoas sob o risco da fome no sul da Somália. No total, mais de 12 milhões de pessoas no Chifre da África estão sentindo os efeitos da estiagem, a pior em décadas. Em três meses, cerca de 29 mil crianças morreram por conta da desnutrição
.
Centenas de somalis atingidos pela seca seguem todos os dias para sórdidos acampamentos dentro e fora da capital, Mogadíscio, transformada em um amontoado de entulhos, entra em uma zona de guerra, num desafio às ordens dos militantes islâmicos – que controlam boa parte das áreas mais afetadas – para que permaneçam onde estão.
Cerca de 400 mil refugiados somalis – quase 5 por cento de toda a população do país – estão acampados em Mogadíscio e áreas ao redor. Perto de 100 mil pessoas chegaram somente em junho e julho, segundo a ONU.
As imagens a seguir são fortes e impactantes, mas mostram a realidade do local.

Saiba como ajuda a Somália a lutar contra a fome
 

Criança dorme ao lado de um prato de comida em campo de refugiados no Quênia. Dadaab, 31/07/2011. Foto: Schalk van Zuydam/AP

Mais de mil pessoas que fogem da fome e conflitos no Quênia se afugentam nos campos de regufiados diariamente. Dadaab, 01/08/2011. Foto: Dai Kurokawa/EFE

Menina aguarda atendimento médico. Somália, 03/08/2011. Foto: Antoine de Ras/EFE

Somalis recebem mantimentos distribuídos por organização em Mogadíscio. 04/08/2011. Foto: Farah Abdi Warsameh/AP

Menina somali aguarda pela sua vez para coletar água em campo de refugiados de Dadaab. Quênia, 31/07/2011. Foto: Thomas Mukoya/Reuters

Mulher alimenta seu gado com milho seco em Mogadíscio. Somália, 02/08/2011. Foto: Ismail Taxta/Reuters

Djibutiana espera para conversar com a Cruz Vermelha. Djibouti, 02/08/2011. Foto: Katherine Bundra Roux/Reuters

Campo de refugiados em Dadaab. Quênia, 04/08/2011. Foto: Boris Roessler/EFE

Mulher senta em frente a sua cabana em campo de refugiados. Dadaab, 04/08/2011. Foto: Schalk van Zuydam/AP

Meninos comem mingau em campo de refugiados de Dadaab. Quênia, 02/08/2011. Foto: Thomas Mukoya/Reuters

Refugiado desnutrido descansa em cama de hospital em Dadaab. Quênia, 03/08/2011. Foto: Schalk van Zuydam/AP

Homem de 20 anos é enterrado em campo de refugiados do Dadaab. Quênia, 01/08/2011. Foto: Dai Kurokawa/EFE

Refugiados em Dadaab. Quênia, 01/08/2011. Foto: Dai Kurokawa/EFE

Carcaça de vaca em Dadaab, Quênia. 04/08/2011. Foto: Jerome Delay/AP

Somalis carregam lenha para campo de refugiados. Quênia, 05/08/2011. Foto: Jerome Delay/AP

Mãe e filhos se abrigam em tenda do campo de refugiados de Dadaab. Quênia, 02/08/2011. Foto: Boris Roessler/EFE

Hussein Khalif Ali, refugiado somali, é carregado por amigo para receber atendimento médico em Dadaab. 05/08/2011. Foto: Jerome Delay/AP

Mãe e filho esperam para serem atendidos em Ifo, um dos três maiores campos de refugiados em Dadaab. Quênia, 01/08/2011. Foto: Dai Kurokawa/EFE

Pai cuida de filho de três anos no hospital do campo de Ifo, em Dadaab. 02/08/2011. Foto: Dai Kurokawa/EFE

Refugiados são transferidos a outro campo para receber atendimento médico. Somália, 02/08/2011. Foto: Antoine de Ras/EFE

Somali aguarda atendimento médico em sua precária tenda. Mogadíscio, 02/08/2011. Foto: Aintoine de Ras/EFE

Fila para entrar em campo de refugiados do Ifo. Quênia, 02/08/2011. Foto: Dai Kurokawa/EFE

Menino de dois anos é atendido em hospital do campo de Ifo. Dadaab, 02/08/2011. Foto: Dai Kurokawa/EFE

Crianças ajudam umas às outras para carregarem água. Garissa, Quênia, 03/08/2011. Foto: Ke Oloo/ Cruz Vermelha/EFE

Campo de refugiados em Dadaab. 05/08/2011. Foto: Jerome Delay/AP

Criança em frente a sua casa em campo de refugiados de Dadaab. 04/08/2011. Foto: Schalk van Zuydam/AP

Menina e mãe esperam atendimento médico em Mogadíscio. 03/08/2011. Foto: Antoine de Ras/EFE

Homem recebe atendimento médico em Dadaab. Quênia, 03/08/2011. Foto: Schalk van Zuydam/AP

Menina leva água para seu abrigo em campo de refugiados de Garissa. Quênia, 03/08/2011. Foto: Ke Oloo/EFE

Adam Ibrahim, menino de cinco anos severamente desnutrido, descansa em tenda de campo de refugiados na capital da Somália, Mogadíscio. 01/08/2011. Foto: Omar Faruk/Reuters

Campo de refugiados de Dadaab recebe cerca de mil novas pessoas por dia. 05/08/2011. Foto: Jerome Delay/AP

Menino espera atendimento médico em Mogadíscio, Somália. 03/08/2011. Foto: Antoine de Ras/EFE

Famílias do sul da Somália descansam antes de continuar o caminho à procura de campo de refugiados. 03/08/2011. Foto: Farah Abdi Warsameh/AP

Trabalhadores carregam suprimento para famílias em campos de refugiados de Dadaab. 02/08/2011. Foto: Schalk van Zuydam/AP

Djibutiana espera para conversar com a Cruz Vermelha. Djibouti, 02/08/2011. Foto: Katherine Bundra Roux/Reuters

Mulher desabrigada amamenta seu filho em Madina. 03/08/2011. Foto: Feisal Omar/Reuters

Criança desnutrida recebe atendimento em hospital de campo de refugiados de Dadaab. 03/08/2011. Foto: Schalk van Zuydam/AP

Mãe faz carinho na perna de seu filho enquanto é atendido por médicos em Dadaab. 02/08/2011. Foto: Dai Kurokawa/EFE

Homem distribui comida aos refugiados. Dadaad, 02/08/2011. Foto: Schalk van Zuydam/AP

Campo de refugiados em Mogadíscio. 03/08/2011. Foto: Farah Abdi Warsameh/AP

Crianças brincam em campo de refugiados de Dadaad. 31/07/2011. Foto: Schalk van Zuydam/AP

Mulher aguarda a distribuição de comida em Dadaab. 01/08/2011. Foto: Schalk van Zuydam/AP

Pôr-do-sol no campo de refugiados de Dadaab. Quênia, 31/07/2011. Foto: Thomas Mukoya/Reuters
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s