O deus que não é Deus

Posted: 6 de Novembro de 2009 in Uncategorized

Ricardo Gondim

Existe um deus que não é Deus. O único com força para enfrentar a Deus. Essse deus não vive em alguma dimensão cósmica ou ponto do universo. Seu oratório é a mente humana. Ele é um deus familiar, pois vive nos espelhos da alma. Mesquinho, cobra desempenhos impossíveis. Inclemente, castiga as inadequações dos fracos com fúria. Ofendido por uma pessoa, dizima gerações inteiras. Imprevisível, age com um humor indetectável.

Existe um deus que não é Deus. Capaz de ofuscar o próprio Deus, misturou-se em todas as religiões. Sanguinário, exige sacrifício para estender a sua compaixão. Impassivo, privilegia os eleitos e condena o resto. Indiferente, descarta a prece da criança quando não se encaixa em seus propósitos. Distante, volta as costas para os miseráveis em nome da coerência.

Existe um deus que não é Deus. É possível encontrá-lo nos paços sacerdotais, nas leis canônicas, nas teologias que o sistematizaram. Ele vingou na religião e a cúrias já mapearam as suas ações. Sem bondade, ele defende a virtude. Sem graça, faz apologia da verdade. Os cristão sabem que ele existe; já provaram o fel de sua justiça na Inquisição. O homem-bomba de hoje testemunha o seu furor para os muçulmanos. Ele aparece em cada campanha de oração pentecostal para mostrar como é difícil ganhar o seu favor.

Existe um deus que não é Deus. Ele é uma divindade que não suporta ver Jesus almoçando com pecadores, bebendo vinho perto de mulheres suspeitas, elogiando pagãos ou prometendo o Paraíso para gatunos. Esse deus precisa desaparecer, pois é um ídolo malvado. E só com a sua morte nascerá o Salvador.

Soli Deo Gloria.

Anúncios
Comentários
  1. Olá, beleza?Esse deus que o Gondim cita é o deus-imagem que todos nós construimos a partir da nossa psiqué (como dizia Jung).Cada religião o construiu conforme os seus propósitos, sua cultura, sua visão de mundo.Os israelitas tiveram o seu Javé-Elohim, "deus dos exércitos" que chacinava velhos, crianças e animais. Um deus ávido de sangue, que exigia sacrifícios a cada dia, como bem diz Gondim.Esse deus precisa realmente ser ultrapassado.(já nos profetas essa ideia de deus é abandonada).As imagens de deus estão profundamente abaladas pela nossa época cientificista e materialista.É chegado a hora de um "novo deus" surgir, que um novo entendimento da divindade se faça presente, pois esse deus, citado por Gondim, já está morto a muito tempo. Nietszche já o matou.parabéns pelo blog,abraços calorosos

  2. Olá,Infelismente! Este é o 'deus' que me apresentaram quase a vida toda, e que apresentam hoje. Percebo que 'ele' só muda de ambiente, dogmas, estatutos, denominações eclesiásticas, religião e domínio manipulado por 'homens'.Muito bem colocado pelo pr. Gondim neste texto.*Esse deus precisa desaparecer, pois é um ídolo malvado. E só com a sua morte nascerá o Salvador.Ao Deus vivo toda honra e glória!Que Ele, tenha misericórdia de nós, nos ajude a conhece-lo, reconhece-lo e que possamos seguir simples, em amor ao nosso próximo os passos da caminhada em graça e paz de Cristo Jesus!Um abraço.

  3. E esta sim, a morte deste deus, facilmente identificado com o afã de ser próspero, mas também com a defesa irrestrita e fundamentalista do passado de todo tipo; esta morte é a verdadeira luta contra a "religiosidade/farisaísmo" que o gospel, enquanto discurso e prática, tenta nos fazer volver dela.Excelente postagem! Acompanho sempre seus tweets,mas acho que é a primeira vez que apareço aqui. Espero voltar outras vezes! =)Paz!PS: deus-imagem de Jung? Nossa, um pouco longe, não achas? O arquétipo do divino é, no mínimo, estreitamente ligado ao do self. Não seria um tanto temerário matar algo assim? Escamotear, talvez. rsrs

  4. Ela diz:

    Texto maravilhoso…Maravilhoso e cheio da verdade do verdadeiro Deus que nos liberta do falso deus!Isso me emociona .

  5. Quando eu li o titulo sabia que era o seu texto. Esse deus ai ta em todo lugar. Estamos vivendo tempos dificeis, meu coracao ta doendo o tempo inteiro, eu to sedenta, fragil, so. Nao ha amor em volta de mim, so um clamor cansado… "elevo os meus olhos para os montes…" de uma coisa eu sei com certeza Ricardo. Pra esse deus ai que voce fala eu nunca mais dobro os meus joelhos. Eu postei um texto falando contra esse deu si em" http://exalunosdobetel.blogspot.com/2009/07/religiao-e-arrogancia.html#comments . me diga o que achou. Nao desanime meu irmao, Baal so e deus por um periodo de tempo…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: